top of page

Identidade Artística: 4 formas de desenvolver a sua

Updated: Feb 28, 2022

O que você comunica através da sua fotografia?


Há um conjunto de elementos e padrões que podem fazer-nos ser reconhecidos através das imagens que criamos. Isso se chama identidade artística, ela é a representação dessa essência, e o que vai fazer nossa arte se diferenciar da dos outros, e por isso é tão importante reconhecê-la para que possamos expressá-la em nossas criações.


Você já reparou que às vezes checando seu feed do Instagram, você é capaz de saber de quem é certa foto mesmo antes de ver o nome de quem a postou? Este é um sinal de que este alguém possui uma identidade artística e é para pensarmos sobre isso e como chegar a tal nível que compartilho este post.



Ando escrevendo para um projeto que no futuro vou dividir com você e me tocou escrever sobre esse tema. Acabei pensando nas conversas com minha mãe, que é Psicanalista e com quem adoro discutir assuntos profundos sobre nós, seres humanos.


Estes dias, falávamos sobre podermos afastar-nos da nossa realidade de vez em quando para olhá-la através de uma outra perspectiva.

Podemos fazer isso fisicamente ou proporcionando momentos onde nossa mente consiga explorar de forma livre e encontrar respostas, quase que sem querer.


Acredito que ter vindo morar em Amsterdam fez com que eu pudesse me apropriar de várias coisas que antes eu nem sabia que me pertenciam e que hoje consigo representar nas fotos que faço. Mas não é preciso ir tão longe pra encontrar as peças desse quebra-cabeças, precisamos sim é saber que temos algo particular a comunicar e reconhecer essa autenticidade, para poder expressá-la.


Com esse post espero despertar sua curiosidade e o desejo de aprofundar o significado do seu trabalho. Isso nos trás propósitos de vida, gera conexões profundas com outras pessoas e nos trás a confirmação de que estamos no caminho certo.


Aqui divido com você algumas formas de refletir sobre a personalidade de nossas criações e trabalhar na construção do estilo de nossa fotografia.




INSPIRE-SE


Reconhecer-nos através do olhar do outro: há imagens que nos causam maior impacto do que outras, que nos movem emocionalmente e que podem mostrar-nos mais sobre nós mesmos. São os padrões da nossa personalidade sendo traduzidos e que podem ser reconhecidos porque nos fazem vibrar.

Podemos identificar esses padrões coletando referências visuais que por algum motivo chamam nossa atenção.

Uma forma de fazer isso é usar o Pinterest para criar uma pasta com imagens assim, vá fazendo essa seleção sem pensar muito, intuitivamente. Essas imagens podem ser de qualquer coisa: paisagens, pessoas, cores, objetos, e depois que você já houver reunido algumas delas, olhe uma por uma e tente identificar o por que de certa imagem ter despertado seu interesse.



ESCREVA



Escreva sobre esta análise que fez das imagens que você selecionou, o por que de cada uma delas fazerem parte da sua seleção. Dessa forma, você vai começar a perceber padrões que se repetem nessas anotações e poder reconhecer suas preferências.



DEFINA 3 PALAVRAS


Aproveite as notas e pense em três palavras que definam o que você gostaria de comunicar com o seu trabalho.

Essas palavras talvez mudem ao longo do tempo e com as suas transformações, seu trabalho irá acompanhar essa evolução sem perder a identidade.








ALIMENTE SUA CRIATIVIDADE


O que pode fazer que sua mente esteja livre para explorar?

Caminhadas na natureza, música, algum hobby que te faz esquecer do mundo, visitar um lugar bonito, conversar com pessoas que te inspirem.

Estas atividades fora do ambiente de trabalho são essenciais para nutrir qualquer mente criativa.

Lembre-se que você é importante, invista em você e em criar esses momentos.


Você é aquele que tem algo a comunicar e que ninguém mais pode fazê-lo do jeito que você pode.



Com carinho,

Camila


Yorumlar


bottom of page